Postado em 17/06/2021 | Compartilhar com


Coffee Coin – O futuro da stablecoin chegou
Criptoativo é a mais nova opção de investimento


Passados quase dois anos desde o lançamento do projeto barter digital pela Minasul, no Fórum Mundial dos Produtores de Cafés em 2019, o Coffee Coin® se solidifica agora como stablecoin e dá mais um passo importante no seu desenvolvimento. Se torna um criptoativo, saindo dos muros da Minasul e chegando até o mercado de investidores.

A comercialização do Coffee Coin® como criptoativo se inicia no dia 01 de julho e já desperta o interesse na aquisição da moeda digital. Através de um site exclusivo todas as informações estão disponíveis, sendo possível se inscrever em uma whitelist (lista de interessados) para dar início à aquisição do token.  

 De acordo com o diretor de Novos Negócios da Minasul, Luis Henrique Albinati, o futuro é agora.

 “O primeiro criptoativo lastreado em café nasce como uma das stablecoin de maior garantia e credibilidade do mercado brasileiro. Por estar amparado em uma instituição com mais de 60 anos de experiência no mercado Agro Café, traz segurança nos tramites da operação, usando a tecnologia de blockchain e assim, atendendo aos padrões e regulamentos de conformidade internacional”.

Cada Coffee Coin® equivale a um quilo de café verde no padrão commodity, atualizado diariamente com valores de mercado. Ou seja, o valor equivalente do Coffee Coin® está sempre atualizado com o real valor comercial do café e tudo é processado automaticamente durante a compra.      Este token estará em breve disponível no mercado e poderá ser adquirido por quem estiver interessado. A Minasul é responsável pelo lastro desta moeda.

De acordo com o analista de sistemas Edmilson Vieira Gomes, um dos envolvidos no projeto de lançamento, o Criptoativo vem como mais uma alternativa de investimento.

 “Nada mais é que investir em uma stablecoin. Assim, é aberto ao público a possibilidade de participar do negócio café, como uma nova modalidade de comercialização, seja dentro da Minasul ou fora dela. Pode-se adquirir o Coffee Coin® e negociar no mercado”, ressalta.

Albinati reitera: “Se um investidor quer transformar Coffee Coin® em reais, ele vende na carteira digital e fica com o dinheiro. Quem adquiriu Coffee Coin® pode trocar este criptoativo em café físico in natura.

 O Coffee Coin® pode ser adquirido, vendido e usado em forma de token por meio da StonoEx – parceira neste projeto – ou em outras Exchange e provedores de serviços. Todas as informações e regras sobre como adquirir a stablecoin estão disponíveis no site e nas redes sociais da marca.

 SERVIÇO: 

  • LinkedIn: @coffeecoin 
  • Instagram: @coffeecoinbr
  •  Twitter: @coffeecoinbr 
  • Telegram Chanel: @coffeecoinbr

Busca

Agrocast

O Agrocast é um dos canais de comunicação da Cooperativa Minasul para você, produtor, a respeito do Universo Agro. Temas relevantes de commoditie, economia e sustentabilidade da agricultura brasileira toda semana para você. Então fique de ouvidos atentos!!

© 2017 MINASUL - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO | Todos os direitos reservados.